Quando falamos  de tecnologia, estamos falando direta ou indiretamente de evolução. É só olhar um pouco no passado para percebermos o quanto o homem evoluiu nos últimos anos. Há cerca de 20 anos atrás, o CD estava sendo desenvolvido, assim como o Windows, o IBM PC, o Projeto GNU: começava a popularização dos computadores pessoais. Hoje, em cada esquina, é fácil encontrarmos uma Lan House, o blu-ray é a mídia da vez, o Linux invadiu nossas casas, cada vez mais as pessoas possuem um PC e vivemos a chamada Revolução Digital. Mas como será o mundo tecnológico daqui a 10 anos?

Imagine a cena: você, conversando com um amigo seu, por meio de hologramas, assim como nos filmes de ficção que assistimos! Realidade somente no cinema? Não. Pelo menos é o que promete a empresa indiana InfoSys. A conferência holográfica será feita a partir de dispositivos portáteis (celulares se encaixam no conceito), que tirariam uma série de fotos comuns e, por meio de algoritmos, transformariam essas fotos em imagens 3D! Esta tecnologia chegará no mercado até 2010, promete a empresa.

Também em 2010, já teremos os primeiros aparelhos com Bluetooth 3.0: mais rápido, operando em potências baixas, atuando como sensores ou até mesmo como sistemas de monitoração médica.

E mais: esqueça o código de barras comum. Usaremos o QR Code, um tipo de código de barras em 2D, popular no japão, onde o celular é o principal instrumento de leitura do código. Detalhe: o QR Code já possibilitou outras inovações impressionantes, como a Realidade Aumentada.

E, falando em celulares, não podemos esquecer a tecnologia 4G, que promete ser o boom da telefonia celular também no ano de 2010, pelo menos no mercado japonês. Teremos conexões muito mais rápidas, permitindo downloads pesados, como um filme. Na Europa, a velocidade atual de downloads poderá ser quadriplicada. Detalhe: lá, os downloads em 3G atingem 30 Megabits por segundo.

Acha que a internet já atingiu seu pico evolucionário? É porque você ainda não viu o mais novo conceito a ser aplicado no maior meio de comunicação do mundo: a Internet 3D, cheia de recursos visuais e mais interativa. Confira aqui.

Ainda sobre a rede, a ANATEL acabou de regulamentar a banda larga via rede elétrica no Brasil. Na Europa e na Ásia, a tecnologia já é conhecida há um bom tempo. Leia mais sobre como o serviço funciona e seus benefícios e desvantagens em:

http://www.afrr.qsl.br/plc-aneel.pdf

http://www.abusar.org/plc.html

http://www.guiadohardware.net/artigos/internet-rede-eletrica/

Como avanço para os próximos 10 anos, não poderia faltar a TV digital. Mas não falo da tecnologia que acabou de aportar no Brasil, pois em outros países, TV em alta definição é uma relidade: nos EUA, grandes redes de televisão como a NBC, a ABC, a CBS, a The CW, entre outras, transmitem em HD. Falo do UHDV, ou Ultra High Definition Video, com resolução de 7680×4320 pixels, que está sendo estudado pela NHK (Nippon Hōsō Kyōkai), a emissora pública de TV no Japão, em conjunto com outras empresas.

E, em 2011, você vai de TV de LCD ou Plasma? Provavelmente, nenhuma das duas, pois vamos escolher o OLED.  A Dell, por exemplo, prometeu substituir, até 2010, 80% das telas dos seus notebooks pela nova tecnologia. E ainda teremos TV’s com acesso a Internet, com definição Ultra-HD, flexíveis e muito mais.

Para 2012, temos como promessa revolucionária a explosão do papel eletrônico. Em 2015, os e-papers viverão uma certa popularização, afirma Nick Sheridon, o inventor do Gyricon, precursor do conceito de e-paper moderno: o seu custo de produção será muito mais baixo, o que viabilizará a tecnologia.

E o que você acha de ter um sistema na sua casa que lhe permite adicionar processadores a ele de acordo com sua necessidade de uso? Imagine uma máquina que suporta até 120 mil processadores. Imaginou? Pronto. Foi o que a Zii Labs demonstrou na CES 2009, a maior feira de produtos eletrônicos do mundo. O nome: StemCell Computing.

Não deixe de conferir o melhor da CES 2009.

Com um olhar mais distante, podemos apostar na Computação em Nuvem. Imagine que o teclado, o mouse e o monitor serão os únicos componentes do que chamamos de PC (personal computer). Seu computador será apenas um “chip” ligado à internet, a “grande nuvem” de computadores. Seus arquivos e softwares estarão todos na “nuvem” . Você poderá acessar seus dados de qualquer computador ou dispositivo conectado, em qualquer lugar. Os computadores serão mais baratos e os programas que usaremos irão ser oferecidos nesta “nuvem”, em sua maioria, de graça: uma verdadeira maneira de termos a inclusão digital definitiva. Àqueles que ainda torcem o nariz para os softwares livres: é hora de rever os seus conceitos. Pelo menos é no que o Google aposta.

Também é possível citar a evolução da Computação em Grade (Grid Computing). A expressão define um modelo computacional que alcança uma alta taxa de processamento dividindo as tarefas entre diversas máquinas, podendo ser em rede local ou rede de longa distância, que formam uma máquina virtual. As tarefas, dentro deste modelo, são executadas no momento em que as máquinas não estão sendo utilizadas pelo usuário,  evitando o desperdício de processamento da máquina utilizada. O modelo já é usado atualmente: o CERN (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear, do francês Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire), aquele mesmo do LHC (Grande Colisor de Partículas), utiliza uma Rede Grid para auxiliar as pesquisas realizadas pelo Centro.

E mais: prepare-se. Daqui a alguns anos, cada vez mais termos como Redes Neurais Artificiais serão conhecidos. Teremos uma evolução significativa em conceitos de Inteligência Artifical, Nanotecnologia e na Cibernética. Duvida? Dê uma olhada em dois vídeos no youtube: um mostra uma introdução ao HRP-4C (um modelo de robô avançado contruído no Japão); outro mostra um projeto da Nokia que se baseia no uso da nanotecnologia. Aqui, leia sobre a opinião de um dos maiores estudiosos na área de prospecção tecnológica sobre o assunto.

Para finalizar, veja um vídeo que nos ajuda a enteder melhor o impacto desta evolução em nossas vidas:

A realidade? O futuro é pura tecnologia.

0 Responses to “Tecnologia”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter: follow me!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Arquivo

Categorias

Mais clicados

  • Nenhum
maio 2017
S T Q Q S S D
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: